3380817161?profile=originalGarçonete carrega canecas de 1 litro na Oktoberfest de Munique, Alemanha: cerveja sem moderação (Foto: Reuters)

fonte: G1 - Ciência e Saúde

Médicos espanhóis veem benefícios no consumo moderado da bebida. Vantagens só existem 'dentro de um padrão de alimentação saudável'.

Tomar cerveja moderadamente depois do exercício físico é tão eficiente quanto beber água para reidratar o corpo. A conclusão é de um estudo espanhol apresentado nesta terça-feira (20) em Bruxelas, na Bélgica, durante o Simpósio Europeu de Cerveja e Saúde.

Manuel Castillo, da Universidade de Córdoba, queria saber se o hábito de tomar a bebida depois de uma atividade física – uma partida de futebol, por exemplo – faz mal. “Não se encontrou nenhum efeito específico e nenhum negativo que possa ser atribuído à ingestão de cerveja em vez de água”, afirmou o médico.

Para ele, a atuação da cerveja, nesse caso, é “exatamente igual à da água”, desde que não haja nenhuma contraindicação especial. A quantidade “moderada” que o estudo recomendou foi de 660 ml, que equivale a dois chopes na Espanha – no Brasil, o número fica entre uma garrafa e duas latinhas.

Ramón Estruch, do Hospital Clínico de Barcelona, explicou que o álcool contido na cerveja “tem certos efeitos positivos”, que se somam a componentes não alcoólicos que também fazem bem à saúde, como os polifenóis.

Segundo ele, o consumo – moderado – da cerveja “ajuda na prevenção de acidentes cardiovasculares, graças a seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios das artérias”. Isso leva à melhora da pressão arterial, baixa o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom (HDL), entre outros benefícios.

O médico ressaltou também que os benefícios só aparecem “dentro de um padrão de alimentação saudável”.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Lokobeer.

Join Lokobeer