Entre para o Budverso com a coleção de NFTs da Budweiser

9863863470?profile=RESIZE_1200x

A Budweiser lançou esta semana sua primeira coleção NFTs, com 1936 itens únicos colecionáveis, cada um desbloqueando benefícios e regalias futuras.

O NFT é a sigla em inglês para tokens não fungíveis (non-fungible token), um certificado digital que é associado a um item que o torna exclusivo. Usa a tecnologia de blockchain, mesma usada para as criptomoedas, mas com uma pequena variação para criar escassez digital do item, do token não fungível. Isso permite seu uso em várias aplicações, para tornar únicas obras de arte digitais, itens colecionáveis em jogos ou em esportes, na música permite aos artistas associar a propriedade de suas músicas.

E o que a cerveja tem a ver com isso?

No mundo da cerveja gostamos de itens colecionáveis. Minha coleção com cada um dos rótulos que experimentei ultrapassa 500 garrafas (vazias) em cima do armário da cozinha e por vários outros cantos da casa. A coleção de NFT da Budweiser cria essa idéia de itens colecionáveis, mas no mundo digital.

A Budverse Cans Heritage Edition, é uma série da artes digitais, composta por 1936 latas digitais exclusivas, cada NFT é única e gerada usando fotos arquivadas, anúncios e designs de toda a história da Budweiser. Cada NFT atuará como uma chave de entrada para o Budverse, desbloqueando benefícios exclusivos, recompensas e surpresas para todos os titulares da NFT. A quantidade de latas digitais na coleção representa o ano de 1936, o ano da primeira lata da Budweiser.

               

As Budverse Cans foram lançadas em dois níveis de raridade, com Core Cans disponíveis por 499 dólares cada e Gold Cans por 999 dólares. A empresa confirmou que os NFTs serão cunhados na rede Ethereum e vendidos no mercado líder de NFT, OpenSea. Um detalhe interessante, a Budweiser cunhará os próprios NFTs antes de distribuí-los aos compradores, cobrindo assim as taxas de transação que muitas vezes podem ser muito caras no Ethereum.

Assim como obras de artes os NFTs podem ser valorizar, e bastante, por sua raridade e interesse em colecionadores por tê-los em sua coleção. Conferi no marketplace da OpenSea que os colecionadores que conseguiram comprar no lançamento de ontem já estão ofertando as Budverse Cans por mais de 100 Ethereum, que representa cerca de 2,5 milhões de Reais, ou 450 mil dólares! O mais caro da lista está em 13 mil Ethereum agora, faz a conta aí...

Confira as Budverse Cans no OpenSea: OpenSea - Budverse Cans Heritage Edition 

E esse tal de Budverso?

Os NFTs são vistos como um bloco de construção chave para o futuro metaverso, você deve ter visto recentemente o Zuckenberg mudar o nome do Facebook para Meta, com objetivo de transformar sua rede social em um poderoso metaverso, uma evolução na qual as pessoas interagem usando avatares 3D em espaços imersivos compartilhados. Se você é mais nerd, assim como eu, deve ter acompanhado neste mês algumas criptomoedas relacionadas a metaverso e jogos NFT terem rendimentos fantásticos, algumas com mais de 10.000%. É o caso da criptomoeda Solana que chegou a render 26.000%, é uma blockchain, ou base, para outras aplicações ou tokens virtuais, por exemplo o jogo em multiverso Star Atlas que será lançado em breve, envolve naves espaciais e itens colecionáveis NFT. Também outros jogos como Axie Infinity ou o metaverso Illuvium. Ou também o Decentraland, um metaverso semelhante ao Second Life de duas décadas atrás, mas agora estruturado com tecnologia de criptomoedas e NFTs que permitirão criação de serviços dentro de seu mundo virtual 3D.

O Budverse, ou Budverso que provavelmente será o nome que a Budweiser Brasil adotará, pode ter ambições no metaverso, ou dentro dos existentes citados acima ou em um próprio. Independente de qual será a plataforma de metaverso, as Budverse Cans serão a chave de entrada e estes itens colecionáveis serão úteis dentro destes mundos virtuais. A marca também mudou seu nome no Twitter para “beer.eth”. A empresa comprou esse nome do Ethereum Name Service (ENS) em agosto, junto com a Rocket Factory NFT. Um nome ENS é usado para apontar para uma carteira Ethereum, da mesma forma que um nome de domínio ou URL aponta para um site.

Nas próximas semanas provavelmente veremos novidades do Budverse e o que mais os detentores das Budverse Cans terão à disposição no multiverso!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários você precisa ser membro do Lokobeer.

Cadastre-se no Lokobeer